CURSINHO PROF. CHICO POÇO

É mais

image
Bem-vindo,

Conheça o CP²!

A ONG Cursinho Prof. Chico Poço é uma organização civil sem fins lucrativos, que visa anualmente investir em sonhos de centenas de jovens de Jundiaí e região. Trata-se de um cursinho pré-vestibular popular, que tem como público-alvo estudantes que desejam ingressar em uma universidade de qualidade, porém não apresentam condições financeiras para preparar-se fazendo outros cursinhos pagos.

Justamente por esse caráter, fazem-se necessárias ações visando arrecadações e doações em geral. A ideia é continuarmos nossa empreitada sem perdemos o foco filantrópico de nossas ações.

O projeto ADOTE UM ALUNO é uma plataforma de arrecadação de fundos por meio de doações de pessoas físicas ou jurídicas, em contribuições pontuais ou recorrentes. Aqueles que contribuem com doações são chamados de padrinhos da ONG. O objetivo do projeto é auxiliar nossos alunos com a redução gradativa do valor da contribuição mensal paga por estes ao longo do ano, referente à aquisição do material didático e despesas de manutenção do cursinho, como contas de água e de luz, material de limpeza, giz e caneta para lousas etc. Atualmente, o aluno se compromete a contribuir com R$ 35 em cada mês letivo do ano.

Adote um aluno!

NOTÍCIAS E INFORMAÇÕES

CP² participa de mesa de discussão na I Semana de Ensino de História da Unicamp


A educação está no centro das preocupações da sociedade brasileira. Na última quarta-feira, 13, o Cursinho Prof. Chico Poço esteve representado na I Semana de Ensino de História (SEHis) da Unicamp. O evento, organizado pelo corpo discente do curso de licenciatura em História, se propôs a debater “O ensino como prática de resistência”.

Dentre as diversas sessões de conferências, oficinas e mesas redondas, a SEHis contou com uma mesa de discussão sobre cursinhos populares, na qual esteve presente a colaboradora do CP² Mariana Adami. Junto a voluntários dos cursinhos Emancipa, Herbert de Souza e Lélia González - todos da cidade de Campinas -, a plantonista de História do Cursinho Chico Poço abordou um pouco do trabalho desenvolvido pelo movimento de cursinhos populares, apresentou a ONG e dividiu com o público de 55 estudantes e professores algumas das experiências pedagógicas realizadas com seus alunos.

A professora Mariana Adami representou o CP² na I Semana de Ensino de História da Unicamp

“O cursinho popular é um espaço de tensão, uma vez que existe pela ausência do Estado, que oferece um ensino insuficiente, promovendo uma imensa desigualdade de acesso ao ensino superior. Ao mesmo tempo, é também um lugar privilegiado de discussão e formação emancipadora”, argumentou Mariana.

A discussão teve ampla participação da plateia e passou por temas como História em sala de aula, militância política pela democratização do ensino, gestão administrativa, formação docente e até mesmo captação de recursos financeiros. “É sempre um desafio dar conta das demandas dos alunos, já que, no caso do CP², vivemos de doações e com recursos bastante restritos”, respondeu Mariana a uma questão sobre a subsistência da ONG.


Aproximadamente 55 estudantes e professores marcaram presença no evento
(Crédito das fotos: Divulgação)

Vem aí a 10ª edição do CP Vest




Neste sábado, dia 26 de agosto, das 10h às 16h30, acontecerá a 10ª edição do CP Vest, a feira de profissões da ONG Cursinho Prof. Chico Poço. Desta vez, o evento acontecerá em um novo local: E.E. Coronel Siqueira de Moraes (R. Vinte e Três de Maio, nº 541 - Vila Vianelo, Jundiaí – SP).

A entrada é completamente gratuita, e qualquer pessoa poderá usufruir de nossa programação!

Contaremos com a presença de mais de 120 profissionais de diversas aréas, além de duas sessões de Orientação Vocacional com a psicóloga Aline Mazzetto (11h30 às 12h30 e 14h às 15h), e também as palestras “O Estresse e a Ansiedade na Vida do Estudante”, com o psicólogo Edson Santos (12h40 às 13h20) e “Guia de Sobrevivência na Faculdade”, com os professores Giovanni Vitale e João Paulo Jesus.

Os profissionais estarão à disposição dos visitantes em dois turnos: entre 10h e 12h30, e também das 14h às 16h30.

A programação completa, com o horário de cada profissional, você confere abaixo:







Nos vemos lá!

Processo Seletivo de meio de ano - APROVADOS


Após a realização de ambas as fases do processo seletivo de meio de ano, divulgamos a seguir a relação de candidatos aprovados para preencher as vagas remanescentes das turmas existentes do Cursinho Professor Chico Poço.

Os candidatos devem comparecer ao cursinho na segunda feira, dia 31/07, primeiro dia de aula após o recesso, as 18hs, portando um documento original com foto e uma foto 3X4 recente. A partir das 19hs, iniciam-se as aulas normalmente, já com os novos alunos encaixados em ambas as turmas.

Ainda nessa semana, os candidatos devem procurar os professores responsáveis pela tesouraria para o pagamento da primeira mensalidade, no valor de R$35: os professores Flávio e Rafael Assis estarão no cursinho, respectivamente, na quinta e na sexta feira, dias 3 e 4 de agosto.

Bem vindos, novos alunos do CP²!! :)


  • Agatha Yasmin Roncoleta Trigo
  • Ananda Maion Gouvêa
  • Bárbara Byanca Rosa Lemos
  • Byanca Ferreira Araújo Bento
  • Caroline Soares da Silva
  • Daniel Alexsander Inocêncio
  • Erica de Souza Amaro
  • Estéfani de Arimatéa Pires Macedo
  • Evelyn Silva do Nascimento
  • Gabrielly Magalhães Nobre
  • Giuliane de Jesus Carvalho
  • Glória Marcela de Barros Moraes
  • Jaqueline Ferreira Vaz
  • Jhulia Gabrielly Dare
  • Karolyne Stefanny de Souza
  • Lucas Vinícius de Barros
  • Mariana da Costa Santos
  • Mauricio Natalino de Lima
  • Muller Henrique Santos Alves
  • Nayane Barbosa de Souza
  • Nicolle Christine Baialuna Sartori
  • Raquel Ferreira Bispo
  • Renan de Jesus Alves
  • Tayeny Borges Nogueira Colassante
(Crédito da foto: Freepik)

Processo Seletivo - CONVOCADOS para a segunda fase


Após análise prévia sócio-econômica dos candidatos a novos alunos do Cursinho Professor Chico Poço, bem como da correção das provas realizadas no domingo passado, divulgamos abaixo a relação dos candidatos aprovados para a segunda fase do processo seletivo, que consiste numa entrevista dos voluntários do cursinho para com os convocados nessa etapa.


Os convocados devem comparecer às entrevistas no dia 24 de julho, segunda feira, das 19 as 21 horas, na sede do cursinho (Rua Elias Fausto nº 27, Vila Mafalda), onde o candidato realizou a conferência de seus documentos. Esta etapa é também eliminatória, e o candidato que eventualmente não comparecer estará automaticamente eliminado do processo seletivo.

Em caso de o candidato não poder comparecer no dia 24, deve mandar um e-mail com no mínimo 24 horas de antecedência para inscricoes@cursinhocp2.org.br, e sua entrevista será reagendada impreterivelmente para o dia 25, terça feira, no mesmo horário e local. Familiares e amigos podem acompanhar o candidato, no entanto, a presença deste é essencial para o seguimento da entrevista.

Convocados:


  • Agatha Yasmin Roncoleta Trigo
  • Aline Terezinha Silva Barbosa
  • Ana Júlia Dias Silva
  • Ananda Maion Gouvêa
  • Bárbara Byanca Rosa Lemos
  • Byanca Ferreira Araújo Bento
  • Caroline Soares da Silva
  • Daniel Alexsander Inocêncio
  • Erica de Souza Amaro
  • Estéfani de Arimatéa Pires Macedo
  • Evelyn Silva do Nascimento
  • Gabrielly Magalhães Nobre
  • Giuliane de Jesus Carvalho
  • Glória Marcela de Barros Moraes
  • Gustavo Andrade Tavares
  • Jaqueline Ferreira Vaz
  • Jhulia Gabrielly Dare
  • Joyce Soares dos Santos Pereira
  • Karolyne Stefanny de Souza
  • Lara Magalhães Sanduvetti
  • Leonardo Antônio Siqueira de Barros
  • Letícia dos Passos Rosa
  • Lucas Vinícius de Barros
  • Mariana da Costa Santos
  • Marilia Gabriela Servilha Vendrame
  • Mauricio Natalino de Lima
  • Muller Henrique Santos Alves
  • Nayane Barbosa de Souza
  • Nicolle Christine Baialuna Sartori
  • Rafaela Betin de Castro
  • Raquel Ferreira Bispo
  • Renan de Jesus Alves
  • Tayeny Borges Nogueira Colassante
  • Victor Hugo Nascimento Alves

(Crédito da foto: Freepik)

Processo seletivo de meio de ano: EDITAL


Disponibilizamos a partir de agora o edital para o próximo processo seletivo da ONG Cursinho Prof. Chico Poço (CP²). O candidato deve ler todas as informações detalhadas no documento a fim de cumprir as normas requisitadas para concorrer a uma vaga no cursinho para o próximo semestre. O processo seletivo de meio de ano visa acrescentar novos alunos nas turmas já existentes, de acordo com vagas remanescentes das turmas de fevereiro.

O CP² é uma organização civil sem fins lucrativos, composta exclusivamente por profissionais voluntários, que organizam um cursinho pré-vestibular popular. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 19h às 23h, com atividades complementares aos sábados. Lembramos que as vagas são voltadas apenas para alunos de terceiro ano de ensino médio ou para aqueles que já tiverem completado seus estudos no ensino médio.

As datas das diferentes etapas do processo seletivo podem ser conferidas abaixo:

- 21 a 24/06 - inscrições online
- 01/07 - documentos e pagamento da taxa
- 16/07 - prova de conhecimentos gerais
- 21/07 - divulgação dos convocados para a segunda fase
- 24 a 25/07 - entrevistas
- 28/07 - resultado final
- 31/07 - matrícula dos aprovados e volta às aulas


Leia atentamente abaixo o edital completo do processo seletivo: todas as informações necessárias para participar do processo estão contidas nele. 

_________________________________________


EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DO CURSINHO CHICO POÇO
(2º SEMESTRE DE 2017)

O presente edital visa apresentar todas as informações concernentes ao processo seletivo de segundo semestre do Cursinho Professor Chico Poço. É de fundamental importância que o candidato leia atentamente as regras e diretrizes contidas neste documento, a fim de evitar eventuais problemas. Lembramos que o não cumprimento adequado de uma das partes do processo seletivo implica na exclusão do candidato.


     1. Das inscrições

1.1         As inscrições para o processo seletivo para o segundo semestre de 2017 serão feitas unicamente online, entre os dias 21/06 e 24/06.

1.2         O candidato deve preencher todos os campos da ficha de inscrição com os dados pedidos de maneira idônea e honesta, a fim de facilitar o processo de conferência de documentos.

1.3         Caso alguma informação não seja de conhecimento do candidato ou simplesmente não tenha em mãos, a mesma deverá ser esclarecida na conferência de documentos.

1.4         O site para realizar as inscrições é: http://portal.cursinhocp2.org.br/


     2. Da Confirmação de documentos

2.1 Após preencher todos os campos da ficha de inscrição, todos os candidatos devem comparecer na sede do Cursinho, no dia 01/07 entre 10h e 16h, para realizar a confirmação dos documentos.

2.2 O não comparecimento na confirmação de documentos implica na exclusão do candidato do processo seletivo.

2.3 O candidato que deixar de levar algum documento no dia da conferência terá um prazo para providenciá-lo e um dia extra para a entrega do documento faltante. É necessário ter comparecido à primeira conferência.

2.4 No dia da confirmação de documentos (01/07), o candidato deverá pagar a taxa de inscrição, no valor de R$ 10,00.

2.5

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DA ONG CURSINHO PROF CHICO POÇO.

MÊS BASE: referente ao mês que os avaliadores terão como base para comprovar os gastos da família do candidato naquele ano. As contas referentes ao mês base geralmente têm vencimento no mês seguinte a não ser que conste no documento o mês base a que ele se refere.

Para processo seletivo de início de ano: OUTUBRO
Para processo seletivo de meio de ano (vagas remanescentes): ABRIL


I)             DOCUMENTOS ORIGINAIS (não é preciso levar cópia)

OBS: O aluno que deixar de levar algum documento no dia de conferência terá um prazo para providenciá-lo e um dia extra para a entrega do documento faltante. O aluno que não entregar o documento faltante no dia será excluído do processo seletivo.

1-  RG do candidato;

2- Histórico escolar ou declaração da escola (em caso de históricos que ainda não estão prontos) comprovando que o aluno está ou esteve matriculado no terceiro ano do ensino médio. Estudantes de escolas particulares com bolsa devem apresentar documento que comprove a porcentagem do valor do desconto. Este documento é fornecido pela escola.

3-  Comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone);

4- Comprovante(s) de rendimento(s) do mês de referência estabelecido de todos os membros da família, inclusive de terceiros dependentes parcialmente ou totalmente dessa renda (morando na mesma residência ou não). Também apresentar comprovante de pensão alimentícia quando houver (comprovante formal ou depósito ou declaração pelo responsável constando valor recebido). Comprovante de recebimento de outras rendas conforme modelo (Anexo A);

5- Carteira de trabalho do aluno e dos membros da família, mesmo se desempregados. Nesse caso, apresentar declaração conforme modelo (Anexo B);

6- Em caso de membros da família falecidos, apresentar certidão de óbito;

7- Em caso de pais ou cônjuge separados, apresentar averbação de divórcio, constando a partilha de bens e comprovantes de pensão alimentícia;

8- Última declaração completa do Imposto de Renda do candidato e dos demais integrantes da família. Se isento, apresentar CPF e Informação impressa, disponível no site Receita Federal Consulta Restituição e Situação da Declaração do IRPF :

9- Recibo de IPTU de imóveis (onde consta o nome do proprietário, endereço e área do imóvel). Caso não possua imóvel, apresentar declaração assinada pelo responsável e/ou recibo de ITR (Imposto Territorial Rural) e/ou contrato de locação, recibo de aluguel ou financiamento da casa própria; em caso de Imóvel cedido, apresentar declaração assinada conforme modelo (Anexo C);

10- Recibo de IPVA de automóveis e motocicletas;

11- Comprovante de pagamento de energia elétrica, água, condomínio (se houver), telefone e internet.


II) COMPROVANTES DE DESPESAS ADICIONAIS (caso existam) (atenção ao mês base)

1- Irmãos maiores de 18 anos que não tenham vínculo empregatício nem estejam estudando deverão ter sua situação de dependência comprovada, mediante declaração dos responsáveis; conforme modelo (Anexo D);

2- Em casos de tratamentos de saúde de algum membro: apresentar atestado, ou laudo ou relatório médico; receitas prescritas e nota fiscal dos medicamentos (não serão consideradas as despesas com medicamentos disponibilizados na rede pública – SUS);

3- Comprovantes relacionados a convênio médico, odontológico e/ou de outros profissionais da saúde;

4- Comprovantes diversos dos membros da família de faturas de cartões de crédito, notas de supermercado, carnês de lojas e outros;

5- Comprovante de financiamento de imóveis e veículos.


III) DOCUMENTOS POR CATEGORIA PROFISSIONAL

Além da obrigatoriedade da apresentação da documentação dos itens acima, comum a todos os candidatos, segue a relação de documentos por categoria profissional:

1- Aposentado ou pensionista
Comprovante de benefício de órgão previdenciário (INSS ou outro Órgão público), contracheque, recibo, extrato bancário ou holerite. Importante saber que o extrato de pagamento do benefício deverá ser atualizado.

2- Assalariado:
a) Informe de Rendimento e Retenção na Fonte (IRPF) de todas as folhas, do último exercício;
b) Contracheque, holerite ou declaração do empregador em papel timbrado da empresa ou carimbo contendo CNPJ da mesma;

3- Comerciante:
a) Declaração com o carimbo do CNPJ da firma comercial, onde conste o tipo de atividade e os rendimentos mensais e pró-labore;
b) Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física/ Jurídica do último exercício;

4- Agricultor, parceiro ou arrendatário rural:
a) Cadastro do Imóvel Rural – ITR ou do INCRA (Ministério da Agricultura);
b) Declaração conforme modelo (Anexo E) com a assinatura do responsável, onde conste: rendimentos mensais, descrição de bens, utilização da terra e produção.

5- Autônomos ou profissional liberal:
a) Declaração com assinatura do responsável, onde conste os rendimentos mensais e descrição da atividade exercida;
b) Registro de Autônomo junto ao ISS (Prefeitura), ou registro de classe e pagamento do INSS;
c) A última guia de recolhimento do INSS e ISS.
d) Apresentar declaração. (Anexo F)

6- Trabalhador Informal contínuo ou esporádico (“bico”):
a) Apresentar declaração conforme modelo (Anexo G), com assinatura, onde conste a atividade exercida e o rendimento mensal

Nota: A Comissão de avaliadores poderá solicitar ao candidato outros documentos que julgar pertinentes.

     3. Da prova:

3.1 A prova consiste em questões de múltipla escolha baseadas nos vestibulares das principais universidades e no ENEM.

3.2 A prova será realizada no Colégio Divino Salvador, endereço: Rua General Carneiro, 105, Vl. Arens, Jundiaí – SP, no dia 16/07/2017.

3.3 A prova começará às 13h00 impreterivelmente e atrasos implicam na exclusão do processo seletivo, e acabará às 18h00, de modo que os gabaritos serão recolhidos, independentemente, se preenchidos por completo ou não.

3.4 Para a realização da prova:

3.4.1 É permitido ao candidato portar:
- caneta, lápis e borracha;
- alimento.

3.4.2 Não é permitido portar:
- material estranho às necessidades do processo seletivo: como armas brandas ou de fogo;
- objetos que facilitem a realização da prova: folhas com cola, lápis com tabuada e similares.

3.5 É obrigação do aluno apresentar RG, CNH ou outro documento que permita identificação, caso não apresente, será excluído do processo seletivo.

3.6 É vedada a entrada de parentes, responsáveis e amigos nas dependências do colégio durante a prova, sendo permitido apenas ao candidato a entrada para realização do exame.

3.7 O descumprimento de qualquer norma estabelecida neste item implica em exclusão do processo seletivo.

     4. Da seleção para entrevistas:

4.1 A seleção é baseada no perfil socioeconômico dos candidatos e na prova, sendo que o critério de seleção varia conforme os candidatos de cada ano.

4.2 A ONG se reserva o direito de escolha dos candidatos, sem ser necessário dar esclarecimentos sobre os convocados ou não.

4.3 A lista de candidatos será liberada no site do cursinho

4.4 Cabe aos próprios candidatos conferir a lista e os dias de entrevista, de modo que a ONG não faz comunicação individual nesta etapa, seja por e-mail, telefone e outros.

     5. Da entrevista

5.1 Constitui-se em uma conversa na qual será averiguado o perfil socioeconômico informado pelo candidato na ficha de inscrição, com o propósito de compreendermos melhor o contexto no qual ele se insere e se possui a dedicação que procuramos em nossos alunos.

5.2 A lista de convocados para a fase das entrevistas será divulgada no site do cursinho no dia 21/07/2017: http://portal.cursinhocp2.org.br/.

5.3 O candidato selecionado que tiver seu nome divulgado na lista de convocados para esta fase deverá comparecer no dia e período marcados para uma entrevista que será realizada, sendo a data, o local e o horário estipulados irrevogáveis.

5.4 As entrevistas ocorrerão de 24/07 a 25/07/2017, à noite. Cada candidato terá a sua entrevista agendada em um destes dias estipulados.

5.5 Porém, apenas em casos extraordinários, com aviso de 24 horas, nos quais o candidato não poderá comparecer na entrevista previamente estabelecida, o cursinho deverá ser comunicado através do e-mail oficial da ONG (inscricoes@cursinhocp2.org.br), a fim de checarmos se há a possibilidade de transferirmos a entrevista para uma das outras datas destinadas às entrevistas que seja mais viável a ambas as partes.

5.6 O candidato deverá apresentar ao entrevistador todos os documentos exigidos neste edital (item 2.5) e que serão apresentados, anteriormente, também na confirmação de documentos. Em nenhuma fase do processo seletivo o cursinho reterá os documentos; todos eles farão parte da checagem e serão devolvidos ao candidato.

5.7 A entrevista apenas ocorrerá na presença do candidato à vaga; familiares e amigos não o substituem nesta fase do processo seletivo.

5.8 A entrevista será realizada na própria sede do Cursinho Professor Chico Poço por nossos voluntários, que estarão em posse do questionário socioeconômico e do resultado da prova de cada candidato.

     6. Da seleção final/matrícula

6.1 Após o resultado das entrevistas, haverá uma reunião geral entre os colaboradores na qual cada caso será avaliado e ponderado de acordo com os resultados obtidos durante o processo seletivo.

6.2 O resultado do processo seletivo do cursinho Professor Chico Poço, bem como todas as listas de espera, será divulgado pelo cursinho no dia 28/07/2017, no site do cursinho: http://portal.cursinhocp2.org.br/.

6.3 A matrícula do aluno selecionado será realizada no primeiro dia de aula, dia 31/07/2017. O candidato convocado deverá, obrigatoriamente, chegar às 18h (uma hora mais cedo do que o início da primeira aula) e levar o documento de identidade oficial e uma foto 3x4 recente. No momento da matrícula, sua digital será cadastrada no sistema do cursinho, e este será o meio pelo qual o aluno atestará a sua presença nas aulas ao longo de todo o semestre letivo.

6.4 Não haverá revisão ou vista de provas, bem como nenhuma nota será, necessariamente, informada.

6.5 Eventuais objeções a alguma questão da prova presencial, encaminhadas ao cursinho por remetente identificado e via e-mail oficial (inscricoes@cursinhocp2.org.br), no prazo de até 3 (três) dias após a realização da prova, serão analisadas pelos colaboradores, desde que devidamente embasadas.

6.6 Qualquer questionamento acerca do processo seletivo ou dos resultados divulgados deverão ser encaminhados, por remetente identificado, ao e-mail oficial (inscricoes@cursinhocp2.org.br), não sendo os colaboradores, quaisquer que sejam eles, obrigados a responderem mensagens recebidas por meios informais e pessoais, como o Facebook particular.

(Crédito da foto: Freepik)

Projeto CP² na Escola 2017 - uma nova forma de ação




Desde o começo de março, os professores e colaboradores do CP² percorrem as escolas públicas de Jundiaí e região realizando mais uma edição do Projeto CP² na Escola. A convite dos coordenadores e diretores das instituições de ensino, os voluntários da ONG reúnem os segundos e terceiros anos do ensino médio dessas escolas para uma conversa sobre vida acadêmica: formas de entrar na faculdade pública e na particular; a importância do ENEM e como usá-lo para ingressar nos programas SISU, ProUNI e Fies; além das diversas formas de se manter na universidade, como as bolsas estudantis que as faculdades e universidades proporcionam ao aluno com necessidades financeiras, e os programas de estágio, iniciação científica e monitoria, que provém ao universitário um apoio financeiro que pode ser o diferencial para sua permanência nos estudos, mesmo longe de casa, mesmo com poucos recursos.


O projeto nasceu da percepção dos voluntários da ONG de que os jovens oriundos da escola pública apresentam uma deficiência em sua preparação para o vestibular que vai além do conteúdo ministrado todos os dias pelos professores do cursinho. Via de regra, o jovem estudante do sistema público de ensino tem a percepção da universidade como algo inatingível, parte por desconhecimento dos diversos programas já mencionados anteriormente, parte pela falta de exemplos em seu núcleo familiar ou de amigos.

"Na escola pública que estudei, nunca tive uma orientação sobre vestibulares e universidades. Até então, isso era um mundo totalmente estranho" 

(Matheus Buosi, professor de biologia do CP² e formado no ensino médio por uma escola pública de Jundiaí)

"Eu gostaria que alguém tivesse me contado todas essas coisas que contamos aos alunos que nos assistem quando eu estava no colégio"

(Mayara Miranda, ex-aluna do CP² e atual colaboradora da ONG)

Prof. João Paulo, EE Barão de Jundiaí (bairro Colònia)

Dessa forma, os voluntários do CP² se debruçaram em formas de mostrar a esses jovens que, independentemente de tornarem-se futuros alunos da ONG ou não, a universidade é um possível caminho a ser trilhado, numa tentativa de descartar os estigmas que eles podem ter carregado ao longo de sua formação.

"O CP² na Escola é a forma que encontramos de combater a problemática da desigualdade de acesso ao ensino superior por uma outra vertente, mais inicial e primária do que o que realizamos cotidianamente no cursinho: o empoderamento do jovem aluno da escola pública, a criação de uma perspectiva maior e, embora talvez mais difícil, tão possível quanto para o jovem formado pelo ensino particular"

(Rafael Galeoti, vice-presidente e professor de geografia do CP², formado no ensino médio por uma escola pública da região)

"O CP² na escola ajuda esses alunos de escolas públicas a levantarem as mãos, por conta própria, e removerem a venda de seus olhos, possibilitando que enxerguem até onde conseguem chegar"

(Matheus Buosi)

Mayara Miranda, EE Coronel Siqueira de Moraes (Centro)

Ao final de cada apresentação, os voluntários percebem que as informações passadas fizeram diferença. A reação dos alunos que os recebem é sempre de surpresa, pelo desconhecimento de tudo o que é falado, e em alguns casos pela mudança de percepção de horizontes que é atingida. Não raro, os alunos comentam com os voluntários que se sentiram motivados a continuar os estudos após o término do ensino médio.

"Se ao final de cada apresentação tivermos tocado ao menos um ou dois alunos, já teremos a sensação de dever cumprido. Não temos a pretensão de achar que esse projeto não é um 'trabalho de formiguinha'"

(Rafael Galeoti)

Professores e colaboradores na EE Jurandyr de Souza Lima (bairro do Traviu)

Assumindo esse formato em 2016, o Projeto CP² na Escola já rende frutos notáveis. Ao revisitar as escolas que receberam nossos voluntários no ano passado, é corriqueiro que os coordenadores e diretores das instituições nos relatem que a visita anterior "implantou a ideia" em um determinado número de alunos, e que alguns deles conseguiram ingressar na universidade em 2017. Além disso, mais de cinquenta candidatos a alunos do CP² esse ano preencheram a ficha de inscrição dizendo que conheceram nossa ONG pela apresentação do projeto no ano anterior.

Prof. Rafael Galeoti, EE Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (Centro)

"Visitamos escolas distantes, em bairros afastados, e até em cidades vizinhas de Jundiaí. A logística é imensa, com diversas variáveis como o agendamento da data da visita com a coordenação da escola, a disponibilidade de cada voluntário, o transporte, o uso de nossos equipamentos de mídia. Tudo vale a pena para buscar aquele jovem sem ideia de seus horizontes, mas nem por isso é fácil"

(Rafael Galeoti)

Prof. Giovanni, EE Prof. Getúlio Nogueira de Sá (bairro Caxambu)

O trabalho ainda não acabou. Até agora, já visitamos mais de 12 escolas públicas de Jundiaí e região, e temos diversas outras visitas agendadas. Ao longo do ano, estimamos que teremos conversado com pelo menos 2 mil alunos da rede pública de ensino. Saiba como apoiar o cursinho e o Projeto CP² na Escola clicando aqui.

Prof. Rafael Galeoti, EE Profa. Albertina Fortarel (bairro Eloy Chaves)



Senhores(as) diretores(as) de colégios públicos de Jundiaí e região: se é do seu interesse receber o Projeto CP² na Escola em sua escola, envie-nos uma mensagem ou escreva diretamente para contato@cursinhocp2.org.br.

COMO O CP² FUNCIONA

Voluntários

São mais de 50 voluntários trabalhando todos os dias pela educação

Grade horária

Aulas de segunda a sexta, das 19h às 23h, e também aos sábados, com plantões diários

Simulados e eventos

Preparamos os nossos vestibulandos de forma formal e informal, com provas simuladas e eventos que incentivam os alunos

120

vagas para alunos

82

aprovações
can