quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Vice-presidente do CP concede entrevista sobre campanha de financiamento coletivo


Os voluntários do CP² lançaram no mês passado uma campanha de financiamento coletivo para tentar viabilizar a reforma do prédio onde a ONG funciona atualmente. O imóvel precisa urgentemente ser adequado para obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e a ONG não tem condições de arcar com os custos da obra. “Precisamos ajustar a largura dos corredores, a sinalização do prédio, colocar parapeitos e também rampas para garantir a acessibilidade do edifício”, explica Thaís Zanini, responsável pelo projeto de financiamento coletivo do Cursinho.

A campanha para a arrecadação dos fundos para a obra ainda ficará online por mais 37 dias, tempo que os voluntários têm para mobilizar o maior número de doações possível. A meta é arrecadar, no total, R$ 47,4 mil. “A campanha funciona com o esquema de tudo ou nada. Ou seja, se não arrecadarmos o suficiente para bater as submetas estipuladas, não receberemos nada”, preocupa-se a voluntária. Além da adequação para a obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, o dinheiro arrecadado servirá para aumentar a segurança do prédio e reformar um andar que hoje se encontra inadequado para uso, o que possibilitaria o aumento do número de vagas anuais oferecidas pelo Cursinho.

Na semana passada, o vice-presidente do CP², Rafael Galeoti, concedeu entrevista à Rádio Difusora de Jundiaí explicando um pouco mais sobre a campanha de financiamento coletivo. A entrevista pode ser conferida abaixo na íntegra: 



O Cursinho Prof. Chico Poço é uma ONG que funciona como um cursinho pré-vestibular popular e há mais de uma década atua ajudando jovens de baixa renda de Jundiaí e região a ingressarem no ensino superior. A Instituição não tem fins lucrativos e todos os seus professores e colaboradores são voluntários

O financiamento coletivo pode ser acessado em www.juntos.com.vc/reformacp .

(Crédito da foto: Pedro Trevisan)


A ONG Cursinho Prof. Chico Poço é uma organização civil sem fins lucrativos, que visa anualmente investir em sonhos de centenas de jovens de Jundiaí e região. Trata-se de um cursinho pré-vestibular popular, que tem como público-alvo estudantes que desejam ingressar em uma universidade de qualidade, porém não apresentam condições financeiras para preparar-se fazendo outros cursinhos pagos.

0 comentários:

Postar um comentário

COMO O CP² FUNCIONA

Voluntários

São mais de 50 voluntários trabalhando todos os dias pela educação

Grade horária

Aulas de segunda a sexta, das 19h às 23h, e também aos sábados, com plantões diários

Simulados e eventos

Preparamos os nossos vestibulandos formal e informalmente, com provas simuladas e eventos que incentivam os alunos

120

vagas para alunos

82

aprovações
can